quarta-feira, 27 de maio de 2009

Verão = Gelados


Para abrir a época de Verão, nada como um breve resumo sobre o que de bom se faz, ou fez, em matéria de gelados em Lisboa ou arredores. Lembrei-me ontem, que faltava um post sobre este assunto importantíssimo nas nossas vidas de gulosos assumidos, uma vez que fui assim de surpresa e rompante com o meu cluster familiar feminino comer uma bela Conchanata! Que bom que é o Verão! Não que eu não coma gelados o ano inteiro, para mim pode estar um frio de rachar mas é sempre altura para comer um gelado! Mas o Verão, o quente, a esplanada, as pessoas a passar, tem outra envolvência. E claro a qualidade dos gelados!

Com muito agrado meu, a Conchanata (que é minha conhecida apenas à 2 ou 3 anos) mantém aqueles gelados que sabem mesmo a qualquer coisa, espessos, molhos de fruta verdadeira (e não toppings artificiais) em... taças de inox! Ou seja, gelados que sabem sempre e sem dúvida alguma à nossa infância (isto para mim que sou uma trintinha...)! Para quem não sabe, a Conchanata fica situada na Av. Igreja, no bairro de Alvalade. Um sítio óptimo para ver umas montras, fazer umas compras e comer um gelado! A Conchanata é uma taça com 3 ou 4 bolas de gelado, regada com um delicioso molho de morangos verdadeiros. Algo simples mas a cair para o divinal!

Agora o desafio que aqui deixo aos que habitualmente nos acompanham é o seguinte: vamos reavivar as gelatarias mais antigas e que certamente marcaram a nossa infância. Aquelas em que as avós nos pagavam gelados enormes, óptimos, quando ainda não havia problemas de obesidade infantil (uma vez que depois de comermos este monte de calorias passávamos a tarde na rua a brincar e a correr). Algumas infelizmente já não existem, deram lugar a coisas muito produtivas, ou não, como agências bancárias.

Eu deixo aqui o meu contributo com as seguintes gelatarias (e peço desculpa por não me lembrar dos nomes):
- da Estrada de Benfica, mesmo ao lado da igreja - o melhor gelado de caramelo que eu comi na vida; conjugado com o gelado de limão era ouro sobre azul!
- da Av João XXI, junto à Av. de Roma - sandes de gelado! que delícia!

Já agora, o meu obrigada à minha Avó L. por ter contribuído para este conhecimento "profundo" destes sítios óptimos!

Deixem os vossos contributos; antigas e novas; sítios bons que tenham gelados a saber... a gelados!

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Santissimus, Lisboa


Para uma dupla comemoração (aniversário da Sininho e do 12h30) e após várias indecisões, eu insisti em experimentarmos o Santissimus. Além de uma descrição cativante, o preço médio anunciado era apetecível, tendo em conta a localização e o tipo potencial de restaurante! A utilização sistemática de vouchers Lifecooler tem esse defeito....quando é sem voucher já nos parece caro...! A localização não está nas minhas preferências porque não gosto de andar e andar e andar à procura de lugar para estacionar (falta-me o Smart e a coragem para o deixar plantado à porta do Instituto Hidrográfico!).

O restaurante é pequeno, com uma decoração que oscila entre o violeta e o azul petróleo, com loiças e toalhas simples, mas giras, e algumas velas que criam um ambiente aconchegante. Este restaurante só está aberto para jantares, uma vez que os donos têm actividades profissionais diurnas!

Relativamente ao que interessa...as nossas escolhas recaíram em Peito de Pato com Risotto Serrano, Bife Três Sabores, Presunto de Frango e Bacalhau de Pão Santo. Tudo muito bom, boa apresentação e boa combinação de sabores. Há que referir ainda o couvert, é verdade, ou era a fome a falar mais alto ou estava muito bom! Pãezinhos quentinhos, alguns com sementes, e duas manteigas, uma de alho e outra de chouriço! Nota 10 para a manteiga de chouriço!

Para sobremesa escolhemos, em uníssono, algo muito simples: gelado de baunilha com doce de framboesa. Uma combinação simples mas que funciona bem! Tínhamos inicialmente escolhido crepes flambé mas não estavam disponíveis. Haviam outras opções promissoras como bolo e tarte de chocolate, mas nesse dia já tínhamos um overbooking de chocolate nas nossas barrigas...e já não dava para mais! Fica para a próxima!

O café é Nespresso. Numa máquina estranhamente familiar para mim e para o Sebastião, estão disponíveis seis variedades de cafés (intensos, ligeiros, descafeinados) à boa moda da Nespresso!

No final, veio uma conta simpática e justa de 19 €/pessoa. Boa comida, bom ambiente, bom atendimento, preço simpático! Uma conjugação nem sempre fácil de encontrar em Lisboa! Recomendamos vivamente!

Santissimus
Rua São João da Mata, n.º 30 R/C
Santos-o-Velho - Lisboa
914328161 - 919834610

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Primeiro ano!


Happy birthday to you

Happy birthday to you

Happy birthday dear Mr. 12h30

Happy birthday to you

É engraçado dar conta de que já passou um ano desde que, por brincadeira, decidimos pôr em prática uma ideia que nos surgiu entre um folhado de Chaves e uma sopa - um blog sobre restaurantes.

Para quem tem, ou já teve, um blog percebe que entre fazer um e mantê-lo vai uma grande distância. Mas, pasmem-se os mais incrédulos, conseguimos manter o blog vivo e com entradas novas todos os meses!

Como já devem ter percebido, não somos críticos profissionais, mas se nos quiserem contratar podemos chegar a um acordo :-), apenas gostamos de comer bem e partilhar essa experiência com os outros. Também garantimos que somos sinceros nas opiniões que damos, aceitando plenamente que não concordem connosco pois mesmo entre nós nem sempre existe consenso.

At last, tem sido divertido e esperamos que daqui a um ano ainda exista um 12h30 cheio de novos restaurantes. Esperamos igualmente que as nossas dicas tenham sido úteis a pelo menos um ou dois leitores.

Cumprimentos
12h30