terça-feira, 30 de julho de 2013

In cucina con Giulia, Lisboa






Este post é um pouco diferente. Não é sobre um restaurante, mas sobre aulas de culinária.

Por ocasião do meu aniversário, um grupo de amigos ofereceu-me um curso de cozinha italiana com a Giulia que, por motivos vários, só se realizou agora.

A Giulia tem vários cursos disponíveis, e destes escolhi o curso sobre "I Sughi", ou seja, molhos.

Assim, na aula aprendemos a fazer: "il pesto alla genovese", "il pesto alla palermitana", "gorgonzola e peperoni" e "all'arrabbiata".
A Giulia realiza os cursos na cozinha de casa que tem uma particularidade fantástica, tem uma abertura para a sala de estar e outra para a sala de jantar, para além de duas portas. 

Fomos recebidas com pão com azeite e oregãos, vinho lambrusco e chá gelado. Juntando isto à simpatia da Giulia, e ao ambiente descontraído que ela consegue criar, foram umas horas bem passadas entre tachos e panelas.



Aprendemos muito sobre os molhos, o significado de pesto, e de alla arrabiata. A Giulia deu-nos ainda umas dicas de como fazer o molho pomodoro e carbonara.


No final da preparação dos pratos passámos para a sala de jantar, onde tivemos uma excelente refeição com pasta e os molhos realizados durante a aula. Falta agora fazer o curso de Tiramisu e Panna Cota.

O preço dos cursos é 68 euros e podem assistir até 4 pessoas.







In cucina con Giulia

https://www.facebook.com/InCucinaConGiulia
http://incucinacongiulia.wix.com/cozinhaitaliana





segunda-feira, 29 de julho de 2013

Tasca do Sr. Domingos, Aldeia do Meco








Em maio de 2008 a Joana escreveu um post sobre o Sr. Domingos no qual, na altura, tive o prazer de comentar. Desde essa altura não tinha voltado ao Sr. Domingos, até à uns dias atrás.

O Sr. Domingos é uma daquelas míticas casas do Meco, mas como só abre aos fins-de-semana por vezes é difícil de lá ir e, já agora, ir sem ter de enfrentar filas imensas.

Como fomos num sábado enevoado e com alguns pingos, o restaurante estava quase vazio, apesar de se ter composto enquanto lá estávamos, mas nada como nos dias com muita gente.

O sistema continua o mesmo, recolhemos no armário à entrada os talheres, pratos, etc. e pomos a nossa mesa (como não havia muita gente não foi preciso tirar a mesa dos ocupantes anteriores), pedimos a comida ao balcão e quando está pronta vamos buscá-la. Confirma-se, assim, o ambiente descontraído e bem-humorado, há que entrar no espírito...

A comida é muito boa, sendo composta por petiscos, na sua maioria marisco, por isso um excelente local para uma mariscada com os amigos.

O preço depende um pouco do que se pedir, mas pode facilmente chegar aos 15/20 euros por pessoa. Não vamos esquecer que é marisco, e que o pessoal vai pedindo, pedindo, e quando chega a altura da dolorosa, esta dói efetivamente.

Ainda dentro do espírito descontraído, somos nós, os clientes, que temos de ter em atenção o que consumimos, pois o Sr. Domingos faz a conta com aquilo que vamos enumerando e, caso vá com a nossa cara, até nem põe na conta.







Tasca do Sr. Domingos

Rua do Comércio, 26 - Aldeia do Meco
212683511
Aberto ao fim de semana





sábado, 27 de julho de 2013

Adega das Azenhas, Azenhas do Mar




A Adega das Azenhas, antiga adega de vinho de Colares, é um velho conhecido restaurante da família do B. Já cá tínhamos estado em almoços de aniversário e agora que estávamos de passagem, resolvemos almoçar neste restaurante. É garantido que se come bem!

A Adega das Azenhas tem uma sala enorme com uma decoração muito tradicional, e além das iguarias tradicionais da nossa gastronomia, tem uma excelente oferta de marisco e peixe fresco para grelhar.




Nós estávamos para almoçar e portanto ficámo-nos pelos pratos dos dia (além de mais baratos, são mais rápidos, o que para nós indo a 4 é fundamental...): bacalhau espiritual, favas e lombo de porco assado no forno.

Como podem ver, as doses são bem generosas! As favas ainda vieram numa caixinha para casa (sim, é possível! American way of life nas Azenhas do Mar!).





Escolher sobremesa, sim ou não? Bem, isso depende da capacidade dos vossos estômagos... as doses são efectivamente grandes, por isso, se querem chegar até ao "fim da carta" aconselho a opção de dividir uma dose. Neste caso, nós estávamos cheios, mas os pequenos gulosos que nos acompanham gostam sempre de um doce (e eu também tenho sempre um pequeno cantinho reservado à sobremesa...). Escolhemos pudim e doce da casa. O pudim estava óptimo, o doce da casa "nim" (nem bom nem mau, absolutamente banal). Deveria ter escolhido um dos doces conventuais, mas tive medo de não aguentar!!! :)




A conta traduziu-se em 42 euros, o que para 4 pessoas, penso ser muito razoável (e trouxemos favas para casa, lembram-se!?). A conta inclui pão+azeitonas, bebidas, pratos principais, sobremesas e cafés.

Parece-me uma boa aposta num próximo passeio por esta zona!



Adega das Azenhas

Avenida Comissão de Melhoramentos, 5
2705-096 Colares
Tel. 219 281 357
Horário: 12:00-15:30 | 19:00-22:00
Encerra às quintas


segunda-feira, 22 de julho de 2013

Hamburgueria da Parada, Campo de Ourique







No outro dia combinei com uns amigos ir ver a peça de teatro de um outro amigo. A peça era em Almada mas como uma das convivas, que não quis jantar connosco, mora em Campo de Ourique decidimos jantar por aqueles lados.

Bem, na verdade, na verdade tentámos jantar na Hamburgueria do Bairro, no Príncipe Real, mas como estava cheia, ou seja, tinha 4 ou 5 pessoas lá dentro, pensámos: hamburgueres, hamburgueres, Hamburgueria da Parada. E assim foi...

A Hamburgueria da Parada não é mais que o quiosque que fica numa das pontas do Jardim da Parada, com mesas de esplanada à volta. O sítio é simpático e sobejamente conhecido. 

Optei por um Hamburguer com requeijão e pesto, mas existem opções mais exóticas e wraps vegetarianos. Isto de jantar com vegetarianos leva a sabermos que existem estes pratos. As batatinhas que acompanham são deliciosas, e sim são congeladas, mas como a cozinha é dentro de um quiosque minúsculo não é de espantar.

O menu inclui o hamburguer, batatas e bebida tendo ficado por 6.90 euros.

Bom ambiente, boa comida e um preço muito aceitável. A visitar e a voltar, sem dúvida.






Hamburgueria da Parada

Jardim da Parada (Jardim Teófilo de Braga)
Campo de Ourique
Tel: 934323418, 925872736, 213879392
Todos os dias das 8h às 2h

  https://www.facebook.com/QuiosqueDeCampoDeOuriqueHamburgueriaDaParada