sexta-feira, 15 de abril de 2016

Casa dos Passarinhos, Campo de Ourique






Nunca tinha dado uma oportunidade à Casa dos Passarinhos. Passo todos os dias à porta a caminho de casa. Não calhou. Mas fiz várias notas mentais para fazer uma visita. O número de gente à porta prometia boa comida e o aspeto de alguma forma garantia que não ia ser excessivamente caro.

Até ao dia. O dia em que um grupo de amigos se decidiu reunir no restaurante. Com este grupo a animação é garantida. Tão garantida que um turista americano nos veio dar os parabéns pela boa disposição e a garantir que a nossa mesa tinha bom karma.

Tive uma excelente surpresa.

O ambiente é simpático e dentro do género restaurante típico português. Repleto de garrafas, bibelôs e, como não poderia deixar de ser, gaiolas. O atendimento está de acordo com a casa, típicos portugueses, muito simpáticos e dados à conversa.




Mas o que me deixou realmente maravilhada foi a açorda de marisco. Como tinha arrancado um siso nessa manhã não conseguia comer comida muito sólida, por isso optei pela açorda. Primeiro veio para a mesa um tacho de ferro ainda com os ovos por misturar. O empregado com grande mestria misturou os ovos e deixou uma açorda na mesa com excelente aspeto. A consistência da açorda estava no ponto certo, nem muito aguada nem seca. Consistente, q.b. Há muito que não comia uma açorda tão bem feita.

Percebi que o ex-libris da casa é o naco na pedra. Vi passar vários. Numa próxima visita não deixarei de provar.

Não cheguei à sobremesa, o tacho era grande e a açorda estava tão boa que a comi quase toda.



Casa dos Passarinhos
Rua Silva Carvalho 195
1250 250 LISBOA
213882346
www.facebook.com/acasados.passarinhos
Horário: Seg. a Sáb. 12h-15h, 19h-22h30