quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Cop'3, Lisboa

Este é um dos comentários mais complicados que tive de fazer até agora (e possivelmente que terá menos consenso) pois só na mesa de refeição tivemos uma pessoa que gostou, outra que esperava que a refeição lhe rock(asse) my world e outras duas que não desgostaram mas pelo preço apresentado esperavam melhor.
Para quem não saiba, o Cop'3 fica no coração do Santos Design District, junto à IADE (se não souberem o que é, finjam que sabem pois parece ser uma falha grave de cultura geral ;-), onde arranjar lugar para estacionar pode ser difícil (em frente ao Cinearte/A barraca é uma boa possibilidade ou então no parque pago do largo de Santos) especialmente na recta final da semana.

O restaurante apresenta um espaço com design moderno mas acolhedor, onde o céu de estrelas Philips pareceu-me a característica mais marcante. O atendimento é afável e competente, tendo respondido a todas as necessidades ao longo da refeição com simpatia e celeridade. Os pratos são variados e apresentam combinações realmente interessantes e apelativas, tendo a nossa atenção recaído em naco de novilho estufado com mel de rosmaninho e soja com risotto de farinheira e lombinho de porco alentejano recheado com amêijoa da ria formosa e coentros sobre migas. Os pratos estavam bem confeccionados mas.......esperava que os sabores estivessem mais presentes e.....bem esperava melhor (ficou provado que se nos elevarem as espectativas a coisa pode correr mal).

Mas se dos pratos nada tenho a dizer, de concreto, já das sobremesas....... bolo de chocolate com gelado de tangerina e creme de arroz doce em que as quantidades são mínimas e os preços são máximos!!! e ainda por cima nem sequer são especialmente boas (o bolo de chocolate estava muito fraquinho).
Bem, aconselho o COP'3 porque é um restaurante interessante, com um design apelativo e a comida não é má. Mas alerto que os preços praticados são exagerados para a confecção apresentada (especialmente no que toca à parte das sobremesas.....9€ por sobremesa é um roubo especialmente quando não são nada de especial) e existem tantos outros mais baratos e bons que só mesmo a curiosidade pode mover alguém a ir ao COP'3.

No entanto, sei que existem pessoas que discordam comigo e tiverem muito boas experiências neste restaurante, por isso o melhor é ir lá pelo menos uma vez para formar a própria opinião!!! Foi o que nós fizemos.....;-)

Localização
Largo Vitorino Damásio 3 - Lisboa
1249-010 Lisboa (Santos-o-Velho)
Telefone: 213973094
Horário: 2a a 6a - 12:30 às 15:00; 2a a 4a - 20:00 às 23:00 e de 5a a Sábado - 20.00 às 24.00
Encerramento: Sábados (Almoços), Domingos
Preço Médio: 40.00

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

  


A Fundação Calouste Gulbenkian (para os amigos Gulbenkian) é um verdadeiro oásis no coração de Lisboa, oferecendo um aprazível espaço verde (onde nos podemos perder e passar uma tarde solarenga a descansar, conversar ou a ler um livro) e locais para almoçar e lanchar.

A Gulbenkian tem duas cafetarias/restaurantes onde a gula pode ser saciada: uma com esplanada e uma com comida ;-) Não quero com isto dizer que o primeiro local não tem boa comida apenas é bastante convencional, sendo a esplanada com vista para o interior do jardim a principal razão para eu o frequentar (onde ler um livro ou ver quem passa, enquanto os raios de sol aquecem o corpinho, é um verdadeiro bálsamo para as mazelas do dia-a-dia).


A outra cafetaria da Gulbenkian (comida boa :-) , cuja entrada fica virada para o lado do Corte Inglés, infelizmente não tem esplanada, algo largamente compensado nos petiscos que dispõe na sua montra. Ao almoço, tem pratos já confeccionados mas também inúmeros tabuleiros com todo o tipo de alimentos (desde saladas com iogurte até ovos mexidos) com o qual se pode fazer um prato. O único senão é que ou se vai muito cedo (12h em ponto) ou então a fila de espera pode levar à desistência. Só o stress de conseguir perceber de que são as diferentes saladas e conseguir decidir qual se quer, com os empregados (que não ouvem muito bem o que estamos a dizer por causa do barulho) e as pessoas atrás de nós (que muitos já sabem o que querem) a pressionar, torna o almoço uma aventura (felizmente largamente recompensada pela comida ;-)


Cafetaria ("a boa")

Outra coisa que este segundo local tem de excelente são as sobremesas!!! Desde a tarte de limão merengada até às farófias, todas as sobremesas são excelentes e existem quer à hora do almoço quer ao lanche (se houverem muitos lambões à hora de almoço a oferta ao lanche pode ser mais limitada ;-). Por isso nada como ir lanchar à Gulbenkian e depois desfazer as calorias adquiridas com um passeio pelo jardim (sim porque a cafetaria fecha às 17h30m) ou continuar a tarde com um filme (ou compras) no Corte Inglés.

Bons lanches


Restaurante e cafetaria (sem esplanada)
Aberto de terça a domingo (acreditem que à segunda, por muito que tentem, está mesmo fechado :)
Horário: 10:00 às 17:45
 
__________________________

Partilho de todas as opiniões do Sebastião, desde a dificuldade de escolha entre a fotossíntese e a qualidade da comida, e como se nos atrasamos um pouco para o almoço está uma fila infinita e ao fim de semana nem vale a pena aparecer por lá antes das 16h (principalmente se estiver bom tempo). Mas a mais recente descoberta sobre este pedaço de céu no meio da caótica Lisboa (sim, porque em hora de ponta ouvem-se os carros lá ao fundo e invade-nos uma óptima sensação, pois estamos num sitio tão calmo enquanto que lá fora existe um mundo caótico e stressado) é que é possivel pedir para no dia seguinte fazerem a nossa sobremesa favorita, o meu único problema é decidir qual pedir.
sininho
 
__________________________

E então naqueles dias em que corre tudo tão bem....decide-se em cima da hora ir lá almoçar. Encontra-se estacionamento convencional à porta!!! (não daquele em cima de passadeiras, raias e linhas de eléctrico, que sebastião e sininho tanto gostam!). já passa do 12:30 e não há fila....nenhuma!!!!! e por fim, mas senão o mais importante.....tarte de limão merengada!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! acaba com qualquer réstia de má disposição!!!!Joana, come a papa
  

  

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Restaurante Zafferano, Lisboa

Como costumamos dizer location, location, location!! É o que se pode dizer deste novo restaurante italiano situado perto do Teatro da Trindade, paredes meias com o Nood. E porquê location?? Porque a localização e a decoração são as principais razões para se ir a este restaurante.

A decoração está espectacular, dando ao restaurante um ar moderno e intimista (muito potencial romântico), efeito conseguido através da conjugação de preto e dourado associado a flores rosadas pintadas por todas as paredes, uma iluminação difusa e arcos (dando origem a uma mistura de moderno e antigo). O atendimento é afável e competente e o menu bastante variado, com algumas alternativas interessantes no mundo da comida italiana.

A escolha recaiu sobre Gnocchi al Limone (em que nos foi perguntado se gostavamos mesmo de limão pois o sabor era muito forte........demoramos muito a perceber que o prato tinha limão e quando conseguimos detectá-lo era tão leve que ficámos intrigados com a pergunta de quem nos atendeu.....será que nunca bebeu limonada?) e Risotto al Maiale con Ricotta e Pesto di Nocciola (estava bom mas não sabia a nada mais que rice sem qualquer sotto apesar de todos os ingredientes que o compunham....e juro que não estava constipado :-).

A sobremesa é que realmente desiludiu....Cremacotta, não sabia a nada e a textura era estranha para o menos boa.... A conta não desiludiu, ficou 18€ pp, o que está de acordo com o tipo de italiano que nos querem apresentar (Haute cuisine italiana).

Aconselho este restaurante mais pelo ambiente do que pela comida (ressalvando que pode ter sido apenas más escolhas da nossa parte e que se tivéssemos escolhido outros pratos talvez tivéssemos gostado mais) que não era nada de especial. Como todos merecem uma segunda oportunidade quem sabe.......mas com o Nood ali ao lado torna-se difícil...... Bom apetite!

Localização

Largo Rafael Bordalo Pinheiro 18 R/C - Sacramento
1200-369 Lisboa
Telefone: 213473261
Horário:

Almoço: Seg a Sex: 12:00 - 15:00 + Sáb e Dom: 13:00 - 16:00
Jantar: Dom a Qui: 19:00 - 23:00 + Sex e Sáb: 19:00 - 24:00

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Retiro Sadino, Álcacer do Sal

Durante mais um passeio de três dias pelo "nosso lindo Portugal", e a caminho do Algarve, resolvemos parar em Álcacer para retomar forças (já estávamos a conduzir à 60 km e isso é extenuante! : ) Fomos ao Retiro Sadino, na marginal de Álcacer; escolhido de entre todos os outros por fazer parte do Discount Book Lifecooler. O

restaurante tem uma decoração muito gira, com uma combinação de rústico, clássico e moderno. Tem dois pisos e no primeiro existe uma varanda, na qual deve ser agradável almoçar. Existem várias entradas disponíveis mas não experimentámos (o pequeno-almoço tinha sido pouco antes!). Os pratos escolhidos foram Arroz de choco com camarão (que estava óptimo, com o arroz na textura exacta e o choco tenrinho) e Açorda Alentejana (que segundo consta estava boa, mas nada transcendente).

Das várias sobremesas disponíveis decidimos dar uma oportunidade à sericaia. As restantes eram muito conventuais.... A sericaia era pouquinha....estava boa, mas....muito inferior a uma sericaia feita por uma senhora que trabalha numa farmácia de Ponte Sôr! Por isso não fiquei assim muito feliz com a sobremesa. Com a utilização do vale do Lifecooler (oferta de um prato) pagámos 20€ pelo almoço.

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Frei Contente, Lisboa

Era uma vez dois jovens que não sabiam onde ir jantar, depois de terem chegado à porta do restaurante onde julgavam ir comer e este estar encerrado (e não era dia de descanso do pessoal). Depois de muita discussão (e quem nos conhece sabe que foi realmente discussão :-) decidimos ir para a zona do Príncipe Real para eu ir experimentar o restaurante vegetariano Terra. Quando chegámos à porta do vegetariano, a dúvida de irmos a este ou ao Frei Contente já estava instalada....

E o Frei Contente ganhou! Já tinha vindo a este restaurante várias vezes no passado e foi bom voltar, especialmente porque pude comprovar e demonstrar a quem me acompanhava que eu tinha razão em estar sempre a aconselhar este restaurante.
O ambiente é acolhedor com um toque de rústico, o atendimento simpático e a ementa está recheada de pratos de cozinha portuguesa muito apetecíveis. A escolha recaiu sobre Bacalhau com Broa e bifinhos de frango com molho de mostarda e amêndoas, e estavam muito bons! Mas mesmo bons.

A escolha das sobremesas foi fácil. Digam-me tarte de limão merengada e eu respondo venha uma fatia! Esta tarte e o cheesecake estavam um espectáculo! De lamber a colher e chorar por mais...... Depois dos cafés, veio a conta que não era especialmente dolorosa (17€ pp) tendo em vista o que comemos :-)
Julgo que já deu para perceber que gostei deste restaurante e obviamente o aconselho vivamente! Boas garfadas!

Localização
Rua de São Marçal 94
1200-421 Lisboa
Telefone: 213475922

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Cervejaria Trindade, Lisboa

Para desenjoar de tantos italianos fui rever um velho conhecido, a Cervejaria Trindade, situada mesmo no coração do Chiado, junto ao Teatro da Trindade. Esta Cervejaria, para além de servir boa comida, tem um ponto forte impossível de ignorar a arquitectura. Os azulejos, os arcos e as paredes de pedra dão um ar monumental a este espaço, tornando-o num ponto de paragem obrigatório a qualquer turista que se preze (e um local que qualquer lisboeta já teve que visitar ;-). O restaurante é gigantesco! - de cada vez que o visito parece que acrescentaram mais uma sala de refeições (o mesmo que acontece quando vou aos Pastéis de Belém), de tal forma que reservar não me parece necessário, excepto se o grupo for muito grande.

"A Cervejaria da Trindade, inaugurada em 1836, ocupa o lugar do Refeitório do Convento dos Frades Trinos, cuja primeira fase de construção data de 1283. O Convento viria a ser destruído pelo Terramoto de 1755. Em 1834, foi no local instalada a Fábrica de Cerveja da Trindade, surgindo dois anos mais tarde a Cervejaria. Decorada com magníficos painéis de azulejos pelo "Ferreira Tabuletas", é a mais antiga e mais bela cervejaria de Portugal. Em 1934, as empresas fundadoras da Central de Cervejas compraram a Fábrica e a Cervejaria da Trindade, em cujo património foi integrada a Cervejaria em 1935. "

A comida é muito boa (os bifes perfeitamente mastigáveis e os pratos de bacalhau estavam muito saborosos), a sangria bastante satisfatória e as sobremesas boas. O principal defeito, e se calhar resultado do tamanho do bicho, é o atendimento. Demorado (o suficiente para toda a gente começar a reclamar...) e desatento (conseguir a atenção dos empregados era uma tarefa hercúlea, mesmo que fosse para pagar) foram os defeitos mais visíveis.

Aconselho vivamente a Cervejaria Trindade não tanto pela comida (que não desilude) mas mais pelo espaço onde está alojada, que é realmente algo de interessante de se visitar.

boas bejecas!

Localização
Rua Nova da Trindade 20 C - Lisboa
1200-303 Lisboa
Telefone: 213423506
Horário: 10:00 às 02:00.
Encerramento: Feriados

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Ma Che Pizza, Carcavelos

De repente parece que só sei ir comer a restaurantes italianos em locais ligeiramente obscuros.... ;-) Mas o que importa é que a comida seja boa e a companhia do melhor, o que foi o caso em ambas as situações. Para chegar a este restaurante é bom que tenham um GPS ou conheçam bem a zona pois pontos de referência são (pelo menos para mim) muito difíceis de arranjar.

Mas falando do restaurante em si. Muito engraçado, com uma decoração de restaurante italiano hollywoodesco (com toalhas aos quadrados brancos e vermelhos) mas sem personagens que pudessem ser identificados com a família Soprano. O restaurante é relativamente grande, com muitos recantos que permitem ter uma refeição calma e resguardada do barulho em redor (e onde cabem carrinhos de bébé com rodas do tamanho de Smart's).

A ementa era constituída pelo que normalmente se encontra num restaurante italiano (pizza, pastas etc...) e todos ficaram satisfeitos com as opções que fizeram (calzone, pizza e salada). Tudo bem confeccionado e saboroso. As sobremesas em grande parte eram industriais (bolo de bolacha e tiramisu), o que se revelou um desapontamento depois de um prato principal bom, embora quem tenha comido a mousse de chocolate dissesse que estava boa. Uma falha gravíssima foi não haver panna cotta na ementa de sobremesas!!

Em suma, é um restaurante muito simpático, com bons preços (15€ pp) e pratos bem servidos, óptimo para uma refeição calma e informal entre amigos. Bom apetite!


Localização
Rua João da Silva, 82
775-586 Carcavelos, Cascais
Tel: 21 4574465

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Pizzeria Basílico, Lisboa

Buon giorno!
A pizzeria Basílico, como o próprio nome indica, é um restaurante de comida italiana situado no Parque das Nações. Como não fica propriamente na zona in desta parte de Lisboa, o estacionamento não é difícil, o que decididamente é um ponto a favor o restaurante. A comida é boa (a lasanha e a pizza estavam boas) e a variedade está dentro do normal num restaurante italiano. O panna cotta estava bom e só o café deixou muito a desejar.
A sala é grande e arejada, tornando-se um local onde se podem juntar grupos de amigos sem causar reboliço no restaurante e o preço é muito atractivo (como um bom italiano deve ser). O atendimento é simpático e rápido, fazendo com que não se espere muito pela comida.

Recomendo este restaurante para quem quiser comer num restaurante sem largar uma pipa de massa e sem ter de esperar por uma mesa!

Localização
Rua Conselheiro Lopo Vaz, Lote- C e D
Parque das Nações
Horário: 12.30h-15.00h e 19.30h-22.00h