segunda-feira, 20 de abril de 2015

Natraj, Rato





O Natraj é considerado por muitos o melhor restaurante indiano de Lisboa. Sempre achei much ado about nothing. Ainda assim, as experiências no antigo restaurante foram sempre simpáticas.

Entretanto o restaurante mudou de localização para algumas portas acima na mesma rua. A antiga sala tinha uma decoração típica e era acolhedora, dentro do género indiano. A nova sala é desinteressante: quatro paredes beije com um balcão ao fundo.




A comida como sempre estava saborosa. Principalmente o nan com queijo, nunca falha.




Mas o que me deixou sem vontade alguma de voltar ao restaurante foi a seguinte situação: quase no final da refeição apareceu na parede (a mesa estava encostada à parede) uma simpática e sempre bem-vinda BARATA. Chamámos os empregados e a sua reação foi rir... E achar muito engraçado estar uma barata por cima da mesa, não fizeram nada a não ser rir.

Depois de uns minutos levantamo-nos, pagámos e saímos. É verdade, deveríamos ter pedido o livro de reclamações. Não o fizemos. Ainda assim, não pretendo voltar ao restaurante já é suficientemente mau estar uma barata a passear na parede, mas a atitude dos empregados foi a gota de água.




Contactos
Rua do Sol ao Rato - 50-52
http://www.restaurantenatraj.com
Todos os dias das 12h00 às 15h00 e das 19h00 às 23h30


Nota: primeira foto retirada do site do restaurante.

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Convictus, Oeiras






Este é o restaurante do dia a dia. Todos os dias a caminho do trabalho passo mesmo à porta do restaurante e tem um aspecto convidativo. No verão tinha pensado em experimentá-lo, mas desincentivaram-me, porque era caro e porque a comida não valia a pena tendo em consideração o preço. Indaguei um pouco mais e as opiniões foram unânimes, muito caro para a qualidade da comida.


Um belo dia passei à porta, a caminho de outro restaurante para almoçar, e reparei que tinham menus de almoço a 6,95 euros. Pareceu-me um preço bastante aceitável para almoço de dia de trabalho. Assim após alguma pressão, e não foi preciso muita que o grupo dos almoços é dado à festa e convívio, experimentámos o Convictus. Ficámos clientes a partir do primeiro dia. Só na primeira semana fomos lá 3 vezes.




O restaurante

Em sintonia com o tipo de comida (vegetariana) servida, o restaurante é construído em madeira, com umas magnificas janelas para o jardim e ao fundo ainda se vê um pouco de rio. O ambiente é todo baseado nas madeiras que está nas paredes, telhado (aqui não há tecto), mesas e cadeiras.




O atendimento

O restaurante tem nova gerência, o que deve ter provocado a mudança de preços e qualidade da comida. A equipa é pequena e parece ser familiar, a senhora que normalmente nos atende é de uma simpatia enorme, com um ar e atitudes muito zen, o que por vezes nos stressa um pouco quando nos queremos despachar. Como a cozinha está parcialmente aberta para a sala de refeições, já conhecemos bem o chef e temos oportunidade de dar o nosso feedback, que até agora tem sido bastante positivo.




A comida

Primeiro o disclaimer: gosto de comida vegetariana, mas para variar ou como piada. Porque o que eu gosto mesmo é do meu bife a gemer sangue. Por isso, imagine-se o meu espanto quando fiquei fã da comida. Já tive oportunidade de experimentar variados pratos e sobremesas. Todos estavam excelentes, muito bem temperados, e com uma apresentação à chef. No departamento, muito importante, das sobremesas, confesso que não gosto de gelatina de origem vegetal, o que me leva a não gostar das sobremesas com gelatina, mas todas as outras são excelentes.



Conclusão

Vamos continuar a utilizar o restaurante sempre que houver disponibilidade, o que por vezes não é nada fácil.



Convictus
Rua Desembargador Faria, 31, Oeiras
Tel: 214 416 007
Horário: 12h00 - 14h30


Nota: a primeira foto foi retirada do Zomato.