sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Vita Pura

Finalmente, a sininho a escrever sobre um restaurante no Porto. Actualmente as minhas incursões por terras invictas são mais raras, e como não gosto de escrever sobre locais onde já estive a algum tempo, ainda não se tinha proporcionado. Mas agora chegou o momento. E para mim este restaurante é digno de referência.

A ideia inicial era ir almoçar a outro restaurante, mas ao ver o preço dos pratos, houve uma mudança de planos. Por isso, por indicação da minha companhia (um pouco mais portuense do que eu) dirigimo-nos a um dos restaurante do Porto Palácio Hotel onde servem buffet a um preço simpático.

Quando chegamos ao piso -1, deparei-me com um ambiente elegante, requintado, e senti-me um pouco intimidada por estar num local tão luxuoso repleto de pessoas tão bem vestidas (fiquei com a sensação de que nada que tenho no guarda-roupa me faria sentir bem vestida naquele local). Refeita deste pequeno choque percebi que o restaurante tem um ambiente simpático, e acabei por me sentir bastante confortável.

No restaurante, existem duas modalidades de buffet, uma que inclui apenas os frios e outra que inclui também alguns pratos quentes, quem preferir só os frios (como foi o meu caso) paga menos, e tem à sua disposição uma boa variedade de saladas confeccionadas com óptimos ingredientes. O salmão estava especialmente delicioso.

O serviço foi também muito atencioso, apenas um bom exemplo do bom atendimento: após termos comido a sobremesa (mousse de chocolate com leite creme, combinação estranha mas muito saborosa), fomos "repreendidas" por não termos escolhido a especialidade da casa e por isso, a muito sacrifício, lá tivemos de comer a segunda sobremesa, tarte de pêra com canela.

No final 10€, pois é, ainda o pessoal do Porto se queixa... E aqui pratica-se o "Honesty Bar", onde no fim os clientes dizem o que consumiram.

Vita Pura
Avenida da Boavista 1277 piso -1
226 086 706
Horário: 11h-18h30
Encerra: Domingos

domingo, 16 de novembro de 2008

Espaço Açores, Lisboa

Já ando para escrever sobre este restaurante à muito, muito tempo, mas estava à espera de o revisitar para poder escrever com uma ideia mais clara e recente de como é um excelente restaurante!!

O Espaço Açores fica dentro do Mercado da Ajuda, mesmo em frente do Hospital Militar de Belém. Apesar de não ser fácil de o descobrir (especialmente quem não conhece bem a zona da Ajuda ou não tenha GPS mental ou no carro) basta perguntar a quem passa que logo nos indicam onde fica o restaurante açoriano ;-) O estacionamento não é difícil, especialmente se não tiverem demasiados escrúpulos onde deixam os carros.

A minha última visita a este restaurante foi à hora de almoço (perto das 12h30...) e concluí que é um restaurante a visitar quer à hora de almoço, quer à hora de jantar. Ao jantar, o restaurante fica com um ambiente mais acolhedor e romântico, com as luzes da ponte como pano de fundo. Já ao almoço, o restaurante fica com um ar mais alegre e luminoso e tem-se a possibilidade de apreciar a beleza da vista que as enormes janelas do restaurante proporcionam.

E então a comida???? Muito boa, mesmo muito boa!! A confecção é excelente (segundo consta o material vem todo dos Açores) e a variedade suficiente para dificultar a escolha... que desta vez recaiu sobre filetes de peixe porco com arroz de grelos, espetada açoreana com abacaxi e inhame (que parecia batata frita com sardas ;-) e linguiça com inhame e massa sovada. E estava óptimos! Fiquei fascinado com o inhame, pois tem um sabor muito bom quer na forma de batata frita quer na forma de batata cozida ;-) Segundo os outros comensais, o que escolheram também estava óptimo.

As sobremesas....... bem eu escolhi uma tigelada que estava divinal, os restantes escolheram mousse de maracujá (e que tinha mesmo maracujá, pois viam-se as sementes) e a uma espécie de dom rodrigo mas para melhor. Para acentar nada como um cafezinho e a conta. Esta última resultou em 18€ pp, o que tendo em vista o que se comeu (entradas incluídas) foi um preço muito aceitável.

A primeira vez que fui a este restaurante foi com a sininho (há muito, muito tempo atrás) e não sabiamos o que esperar, tendo ficado deliciados com a comida e com a simpatia do atendimento. Desde então, tenho revisitado este restaurante periodicamente e posso dizer que a qualidade não diminui e o atendimento contínua a ser excelente. Aconselho vivamente!!!

E por mais anos que eu viva....

Localização
Largo da Boa Hora Loja 19 Mercado da Ajuda
1300-100 Lisboa (Ajuda)
Telefone: 213640881
Encerramento: Terças
Horário: 4ª a 2ª das 12.00h às 24.00h

A casa do bacalhau, Lisboa

O nome do restaurante não deixa margem para dúvidas sobre qual é o artista principal: o bacalhau. A casa do bacalhau fica próximo do Parque das Nações, mais precisamente na freguesia do Beato (próximo do convento do Beato e de outro excelente restaurante, o d'Avis), não sendo difícil de encontrar nem de estacionar.

Como podem ver pela fotografia, o restaurante começa logo por nos tentar conquistar com o ambiente que proporciona. A decoração está em plena sintonia com a arquitectura do espaço, criando um ambiente conventual mas sem sinal de austeridade.

A ementa está recheada de pratos de bacalhau, em que o mais difícil é escolher de que maneira se quer comer o fiel amigo. No entanto, para quem não goste de bacalhau, e se viu obrigado a vir a este restaurante por pura pressão social, existem alguns pratos de carne ;-). A escolha recaiu sobre bacalhau à minhota e bacalhau com broa, que para além de estarem estupidamente bem servidos, estavam muito bons!!!! É verdade que o bacalhau à minhota da minha santa mãe é melhor, mas este estava num glorioso segundo lugar no ranking dos bacalhaus à minhota. Segundo o que me disseram, o bacalhau com broa também estava excelente :-)

Infelizmente, a quantidade de comida era tal (e deixar bacalhau no prato é no mínimo um pecado capital) que não tivemos coragem para abraçar as sobremesas que nos foram propostas. Talvez para a próxima.....

Depois dos cafés veio a conta...que não foi surpreendente (20€ pp) tendo em vista a matéria prima envolvida. Foi sem dúvida um excelente jantar quer pela comida quer pela excelente companhia (que se diga em abono da verdade, é que escolheu o restaurante ;-)!!

Boas garfadas

Localização
Rua do Grilo 54 - Lisboa
1900-706 Lisboa (Beato)
Telefone: 218620000 (reserva em tempos festivos pode ser necessário)
Horário: 12:00 às 15:00 e das 20:00 às 23:00
Encerramento: Domingos

domingo, 9 de novembro de 2008

Maritaca

Lisboa, Sexta-feira, 19h

Este post começa um pouco antes da chegada ao restaurante. Um grupo de amigos sem lugar marcado para jantar a uma sexta-feira decide tentar a sua sorte pelos restaurantes perto do Centro de Congressos de Lisboa (ex-FIL), depois de uma tentativa onde nos informaram que estava tudo cheio, decidimos telefonar para o Maritaca.

Inicialmente, também estava cheio, mas depois de uma pequena conversa arranjaram-nos uma mesa para 4 pessoas. É agradável verificar que ainda existem pessoas que se preocupam em dar um jeitinho para acomodar mais uns comensais, na verdade ainda era muito cedo, e o restaurante só iria encher dali a uma horas, por isso a nossa presença "a mais" não importunou ninguém, e o restaurante ficou com mais uns clientes.

Assim, antes das 20h já estavamos sentados no Maritaca. O restaurante, como era de esperar estava quase vazio. O ambiente é industrial, mas não deixa de ser convidativo e algo intimista. Uma das coisas que sobressaiu foi a distância simpática entre as mesas, ao contrário de outros restaurantes, não temos de ouvir a conversa dos vizinhos do lado.

Para jantar escolhi o prato da casa, risotto com camarão e cogumelos, nunca tinha pensado em misturar estes dois, mas a combinação demostrou ser muito boa. Para sobremesa a escolha foi unânime, um "petit-gâteau" com uma bola de gelado (e podemos escolher o sabor da bola). A comida apesar de não ser fabulosa, e de não rock my world, cumpre muito bem o objectivo. Mas aquilo que realmente gostaria de destacar é a sangria maritaca, que era deliciosa, muito suave, não sabia a alcool, e tinha um sabor frutado diferente, mas realmente muito bom.

No final da refeição, a "dolorosa" foi um bocadinho isso mesmo, mas também não nos podemos esquecer que houve entradas, pratos mais caros, sobremesas e sangria. Mas se houver alguma contenção o jantar pode ficar por 20€ pp.
Para terminar, ao sairmos do restaurante, e este já estava bastante cheio, reparamos que actualmente este deve ser um dos sitios mais in de Lisboa.

Maritica
Av. 24 de Julho 68F (ao lado da Kapital) - Lisboa
Telefone: 213939400
Encerrado: Domingo