Quotidiano, Alcântara





Ir jantar ao Quotidiano está na agenda há algum tempo, tendo sido necessária a vinda de Ivan Lins, esse vulto da canção carpideira brasileira, e seu amigalhão Flávio Venturini, esse vulto da canção de cortar os pulsos brasileira, a Portugal para a oportunidade se proporcionar. Apesar de fazer toda a questão de não ir ao concerto destes senhores (se ainda não o perceberam...), agradou-me a ideia de ir ao jantar pré-concerto. Quando me pediram ideias de onde ir jantar, que fosse perto do local do concerto (Espaço Brasil - Lx Factory), o Quotidiano pareceu-me a opção ideal. Para quem não sabe, o Quotidiano fica no início da rua (Largo da Fontainhas) que desemboca na Lx Factory, perto de outro conhecido, o Tanite.
  
No entanto, já ocorreram duas incursões a este restaurante, uma ao almoço outro ao lanche, mas como não se marcaram pela positiva decidimos ignorar a sua ocorrência. E porquê voltar a tentar? A resposta é igual à de um(a) teenager quando lhe perguntam porque vai a um concerto do Bieber/Selena Gomez.... é tão giro(a)!

Quem pensou na estética do Quotidiano esteva num dia inspirado, tendo conseguido criar um ambiente que balança entre o medieval e o contemporâneo, onde se tem vontade de estar sem controlar o tempo que se demora [o que é óptimo quando se janta com pessoas que demoram tempo a comer :-)]. E é por esta razão que queria dar mais uma oportunidade ao restaurante, e ainda bem que o fiz pois não me deixou ficar mal.

 
Conseguimos mesa sem reservar mas porque chegámos mesmo às 20h, a sala ainda estava vazia, mas se tivéssemos chegado mais tarde a história poderia ter tido um final infeliz (Burguer Ranch para toda a gente!) pois rapidamente encheu.

Após alguma divagação sobre o que comer lá nos decidimos por bacalhau com broa, medalhão de porco recheado com queijo de cabra e tornedó à chef. Éramos quatro mas havia pessoas que tinham lanchado à pouco tempo e, estranhamente, não tinham muita fome :-) Essas pessoas (no qual me incluo) partilharam o bacalhau, que deu e bem para os dois.

A comida estava óptima! Bem confeccionada, boa apresentação e em quantidades mais do que suficientes. De tal ordem que quando chegou a hora da sobremesa toda a gente se recusou. Entretanto, palavra puxa palavra, vou dando uma olhadela ao local das sobremesas e algo me desperta a atenção. Tinham acabado de sair dois cheesecakes da cozinha com muito bom aspecto e, não vou de modas, peço uma fatia. Entretanto sou traído por quem nos atende, que cometeu a injúria de trazer quatro garfos! Todos roubaram um naco da minha bela fatia de cheesecake e lamberam os beiços (estava muito bom).

A conta não foi uma desgraça por aí além (14€ pp) mas também houve quem dividisse o prato e apenas se comeu uma sobremesa. Com tudo a que se tem direito, a conta rapidamente se aproxima dos 20€.

Apesar de comentários menos positivos que entretanto encontrei na internet, gostei do restaurante, da comida e de quem me atendeu. Ou eu tive sorte ou os outros azar :-)



Quotidiano

Largo das Fontainhas 7 | 1300-255 Lisboa
Horário: 10:30 às 24:00. De quinta a sábado até às 02:0
Domingo - 5ª 19h30 - 24h00 | 6ª e Sábado 19h30 - 2h00
FB



Comentários

de referir que eu gostei da primeira incursão... :)

Mensagens populares deste blogue

Mundet Factory, Seixal

Pastelices, Seixal

Alô! Alô!