sexta-feira, 16 de maio de 2008

Viagem de Sabores, Lisboa

De forma a festejar a aproximação do nascimento do primeiro filho (e o fim da vida calma e pacata ;-) da A&F9 fomos jantar fora (F9 nem sabes o que perdes-te!). A ideia inicial era irmos a um restaurante russo, porque a grávida estava com desejos, mas houve então quem falasse no Viagem de Sabores (esse alguém foi a G, verdadeiro blog cultural e de restauração em movimento). Fui ver a ementa do restaurante a esse mundo que é a internet (mais concretamente ao Lifecoler) e fiquei muito curioso pois os pratos eram realmente originais. E lá reservamos uma mesa.

Um potencial problema deste restaurante é o estacionamento, uma vez que fica ao lado da Sé de Lisboa, mas estacionar ao pé da Casa dos Bicos (Campo das Cebolas) e depois subir umas escadas um pouco sombrias (atenção onde põem os pés, pois é frequente estar alguém a urinar a um canto) que existem nesta zona, revelou-se uma opção sensata. Uma vez chegados ao restaurante, fomos encaminhados para uma mesa recatada ao fundo da sala (não que ela seja muito grande).

O ambiente é agradável (como não diria a G) e aconchegante, conseguido através de uma decoração em tons de terra e uma luz ambiente reduzida (verdadeiro lusco-fusco). Um restaurante óptimo para uma pessoa se esquecer das horas a conversar e a comer. E por falar em comida......a escolha foi muito difícil pois todos os pratos eram de alguma forma originais. A escolha recaiu sobre caril indiano de peixe gato, filetes de perca e lombinhos de porco com ervas aromáticas, amêndoas e cuscus. Enquanto esperávamos pelos pratos atacámos o couvert e pedimos duas entradas: cogumelo recheado e queijo cabra em cama de beringelas com especiarias (era dia de festa!). Se as entradas estavam excelentes, os pratos estavam para lá do excelente! Com uma apresentação irrepreensível e em quantidade mais que suficiente, foi realmente um manjar digno de Baco.

E depois de um tempo, para que o jantar assentasse, chegámos à parte que mais me desgostou. A escolha era escassa, e as duas que foram feitas não me preencheram as medidas (tarte de limão e canelones de chocolate). Depois de uma sucessão de boas surpresas, as sobremesas revelaram-se decepcionantes. No entanto, existiam outras opções e da próxima vez que lá for (não é uma ameaça, é uma promessa), vou-lhes dar oportunidade para ver se apenas tivémos azar. O atendimento foi muito simpático e eficiente. O custo não foi dos mais custosos (22€ p) tendo em vista a qualidade da refeição.

Em suma, excelente restaurante para reunir um pequeno grupo de amigos ou para levar a cara metade a arejar (tem um ar muito romântico, apesar de na foto não parecer!). Boas refeições!

Localização e contactos:
Rua S. João da Praga, nº 103, 1100 Lisboa
Junto à Sé
Funciona das 20h às 23h e encerra aos Domingos.
Telef: 21 887 01 89

Sem comentários: