quinta-feira, 17 de Janeiro de 2013

Por Terras do Grande Lago



Apesar de sair um pouco fora do âmbito do blog, não quero deixar de partilhar convosco o nosso passeio pela região do Alqueva. Para nós foi a primeira vez por estas paragens, e devo dizer-vos que ficámos muito bem impressionados! A imensidão de água que se "apoderou" do Alentejo transformou a paisagem e teve um resultado final muito bonito! :)



Monsaraz


Apenas ficámos por lá 3 dias (sábado-segunda), mas deu para conhecer razoavelmente bem a região e algumas povoações. Visitámos também o Museu da Luz, que é pequenino, mas está alojado num edifício muito bonito, e tem um espólio muito interessante. Está sempre a passar um vídeo a contar a história da construção da barragem, da submersão da Aldeia da Luz e da mudança para a nova aldeia. Para mim, que sempre estive a léguas de distância (física e mentalmente) de toda esta problemática, e que nunca percebi muito bem o porquê de tanto "sururu" acerca deste assunto, fiquei a perceber um pouco melhor o ponto de vista dos habitantes da antiga aldeia. O processo de mudança correu bem, mas imaginar que toda uma aldeia se mudou é realmente algo estranho; dos mortos aos vivos, todos se mudaram para a nova aldeia.


Museu da Luz

Tivémos oportunidade de visitar: Monsaraz, Mourão, Amieira, Aldeia da Luz, Évora. Ficou-nos a faltar a aldeia da Estrela, que dizem também ser muito engraçada.


Mourão - vista do castelo
A caminho de Mourão

Ficámos alojados no Vila Planície, que não sendo o mais bonito da região, é o que constitui a melhor oferta para famílias (qualidade/preço). E reservámos um passeio de barco pelo Alqueva, que também vale imenso a pena, mas não é propriamente barato...


Alqueva
Amieira Marina - barcos-casa


Isto tudo para resumir que esta região tem um elevado potencial turístico, e que é certamente um local a visitar por todos nós, tendo em mente que este ano o "vá para fora cá dentro" será uma realidade cada vez maior! :)



3 comentários:

Maria disse...

parece-me um sitio bem bonito :)

Anónimo disse...

Também fiz esta viagem em Maio, também em familia e visitamos as mesmas coisa, mas tivemos a sorte de fazer 2 passeios de barco, um através da marina da Amieira, onde fomos ter como sendo o ponto de partida e outra através da marina da barragem do Arqueva, que foi oferta do hotel onde ficamos. A tal viagem foi pela AlquevaLine e vale muito a pena, os barcos são muito mais confortáveis e tivemos mais sorte com o guia (Acho que esta custava 9€/adulto). Na nossa opinião é muito melhor, mas está menos divulgada.
Tânia

Alquevaline disse...

Obrigado Tânia pela gentileza das suas palavras.
Alquevaline cá continua na aventura de divulgar e promover o maior lago artificial da Europa.

Alquevaline / H.Nixon