Café Buenos Aires na Fábrica, Chiado







Como diriam os Deolinda "estamos numa casa ali ao lado" quando se trata deste segundo Café Buenos Aires. Não abriu muito longe do primeiro e manteve aquilo que torna o Café Buenos Aires um local a revisitar sempre que possível: a comida e o ambiente. 

Mas não quero dizer que algo não tenha mudado, o ambiente continua caloroso e convidativo mas algo diferente do primeiro Buenos Aires, talvez uma consequência de se ter mais espaço para movimentar. O primeiro é pequeno e atulhado (no bom sentido) de mesas, pessoas e elementos decorativos, dando-me a sensação de um restaurante para jovens boémios num bairro trendy da cidade, já este segundo Buenos Aires apesar de promover o mesmo espírito boémio, fá-lo de uma forma mais madura, mais adulta, quase se espera ver o Humphrey Bogart a dizer play it again Sam enquanto agarrado à Ingrid Bergman para ela não fugir de avião.

A comida continua excelente. A salada Boyard (com alface, tomate, batatas fritas às rodelas, queijo azul, beringela grelhada ou presunto, e ovo a cavalo) continua a ser a minha favorita e não me deixou ficar mal novamente. Não houve oportunidade para sobremesa, estávamos a ficar atrasados para um espectáculo no Estúdio Mário Viegas, tendo pago 15€ por pessoa.





Contacto

Escadinhas do Duque, nº 31-B, 1200-155 Lisboa, Portugal
Encerramento: Domingo
Contacto: 213420739
Horário: 2ª a Sáb | 18h00 à 01h00




Comentários

Mensagens populares deste blogue

Mundet Factory, Seixal

Pastelices, Seixal

Alô! Alô!