Recuerda Amor, Linda-a-velha






Primeiro que tudo, tentem não levar muito a peito o nome do restaurante. Eu sei que o nome sugere um local para casais de pombos agitarem as suas penas, fazerem os seus ninhos e chocarem os seus ovos,  mas desenganem-se pois não é um restaurante com tendências românticas, pelo contrário. Verdade seja dita, apenas dei conta do nome do restaurante quando olhei para a conta. Acredito que o nome estivesse escrito em toda a parte (sou só eu, ou de repente começou a ouvir-se os Ornato Violeta e o Vítor Espadinha?) mas o meu google translater mental traduziu sempre para Restaurante Dominicano (ambos começam por R....).

É preciso assinalar que para chegar a este restaurante ou se conhece bem a zona (o que foi o caso) ou então levem o GPS, iCoiso ou mapa para não se perderem. A parte positiva é que vale a pena o esforço em localizarem o restaurante. O restaurante está engraçado, o atendimento é óptimo e a comida é boa de se comer.


Em termos de decoração e ambiente tem aquilo que se espera de um restaurante com raízes caribenhas: alegre e festivo! Vermelho e azul espalhado por toda a parte juntamente com elementos decorativos alusivos ao país (sol, praias e palmeiras).

Os pratos giram em torno de três elementos principais, a mandioca, a batata doce e a banana pão. Os pratos têm nomes curiosos, em que Mofongo foi o que me ficou na memória (e no estômago), e a ementa explica quais os ingredientes envolvidos em cada um dos pratos (algo que, infelizmente, alguns restaurantes não fazem).

No entanto tudo vos será explicado... apenas não se assustem quando virem uma senhora dirigir-se a vocês com uma bruta banana na mão. Ela é vossa amiga pois, para além de ser muito simpática, é incansável a explicar a origem dos pratos e como são confeccionados, dando assim a conhecer um pouco da cultura gastronómica do país, e é ela que vai receber os vossos pedidos. E ficam também a saber que o baseball é um desporto que tem grande importância para os dominicanos.

Depois de alguma indecisão, pedimos entradas e dois pratos. Para entrada pedimos pasteis de mandioca recheados com carne picada e batatas fritas de banana pão, para além de uma espécie de grissinos que também vieram para a mesa. Muito bom para estar na conversa e sempre a petiscar.


Mofongo de Frango
Boca Chica












Mofongo de frango (banana-pão frita às rodelas intercalada com frango) e Boca Chica (polvo com batata doce [a nosso pedido, em vez de batata assada] e molho de laranja) foram os pratos pedidos. Estavam óptimos! O polvo desfazia-se na boca e o Mofongo tinha um sabor e textura muito bom. Não conseguimos chegar às sobremesas, deixámos para uma próxima incursão. A comida não é picante e não tem um sabor intenso, ou diferente do que estamos habituados, que possa amedrontar os menos aventureiros, em termos gastronómicos. 

O cozinheiro dominicano vem regularmente à sala para saber se está tudo bem e se gostámos (pelo menos acho que é isso que ele diz pois não é fácil de perceber dominiquês :-), o que torna o restaurante ainda mais friendly. A conta foi muito simpática, não chegando a 15€ pp,tendo em vista tudo o que se comeu. Gostaria muito de voltar.


Recuerda Amor

3ª a Sáb: 12h00 - 15h00 | 19h30 - 23h00 
Domingo: 12h00 - 15h00 | Encerra à Segunda
Av. 25 de Abril de 1974, nº5 Loja A
2795-197 Linda-a-Velha
Contacto: 214193550 | 967234707



Comentários

Mensagens populares deste blogue

Mundet Factory, Seixal

Pastelices, Seixal