terça-feira, 19 de novembro de 2013

Lizarran, Telheiras







Num destes dias fui almoçar, ali perto do trabalho, ao Lizarran. Nunca tinha experimentado o restaurante, apesar de ser uma profunda conhecedora da oferta gastronómica de Telheiras. Ainda não tinha calhado, também porque o preço é um pouco acima das minhas escolhas mais habituais para almoço e para uma refeição diferente, Telheiras não é a minha primeira escolha. Nada contra, mas há locais mais bonitos na cidade de Lisboa.


O meu gosto por tapas é não é grande, não é que não goste, porque gosto, mas...não é propriamente o meu tipo de comida preferida. Já para a versão portuguesa de tapas, ou seja petiscos, estou sempre pronta. Mas como era convidada, e por alguém com quem não tinha muita confiança, lá fui. 

Para refeição pedimos uma tábua de queijos e enchidos, revueltos com farinheira, polvo e cogumelos estufados com presunto e alho. Tudo acompanhado por um vinho branco. Entretanto, já não me lembro qual foi o vinho selecionado, porque foi preciso mudar tantas vezes de vinho, ou porque não havia, ou porque não era bom, ou porque sei lá, que entretanto perdi-me. Estava tudo bom, mas, não é que não tenha ficado bem, no entanto as tapas é que me deixam sempre com a sensação: então quando é que vem a comida? As sobremesas eram banais, e sem nenhuma marca diferenciadora. 

O melhor, ou pelo menos mais memorável (bem, o mais memorável foi mesmo a conversa, mas isso é assunto para outros blogs) foi o atendimento. Este foi, como direi, irónico, ou seja a senhora que nos atendeu passou a refeição a fazer piadas sarcásticas e com um ar trocista. Este tipo de atitude até tem alguma piada no Sebastião (grande colaborador deste blog), mas na senhora que nos atende num restaurante, não!

Há que fazer ainda uma ressalva para o ambiente e decoração da casa, que estão muito bem conseguidos. O restaurante parece mesmo uma tasca espanhola, no melhor sentido da expressão. 

Quanto à dolorosa, não sei. Percebi que existem menus de almoço, o que deve aliviar um pouco a conta, mas mesmo assim duvido que um almoço fique por menos de 10 euros por pessoa. Já ao jantar, boa sorte!


Lizarran

Rua Poeta Bocage 15B - Lisboa
217 153 696
Seg a Qui - 12h à 01h
Sex e Sab - 12h às 02h
Dom - 12h às 18h


nota: fotos retiradas do site do Lizarran.

Sem comentários: