Honorato, Av. Liberdade






O Honorato era um dos objectivos do nosso sistema integrado de avaliação de desempenho gastronómico, mas ao contrário de muitos objectivos que se estabelecem neste tipo de sistemas de avaliação, este estava a revelar-se verdadeiramente difícil de atingir.
como canta o outro.....à e tal não posso, à e tal agora não, que joga o Benfica, à e tal agora não, que há engarrafamentos, à e tal agora não, que me dói a barriga, à e tal agora não, que está mau tempo, à e tal a Terra gira ao contrário, à e tal os rios nascem no mar, à e tal à e tal e tal e tal tal tal tal tal....

..... mas nada como a cobrança de dívidas, aliado à vontade de saber novidades existencialistas, para pôr o mundo nos eixos e mover montanhas.....e pronto, Honorato, here we go (went)!

As modas são realmente intrigantes, de repente são os restaurantes italianos, a seguir vêm os cupcakes, depois as padarias, pelo meio as pseudo tascas e tabernas e agora as hamburguerias gourmet. Possivelmente esqueci-me de alguma moda, são muitas e nem sempre causam impacto, nem permanecem em circulação tempo suficiente para ficar na memória, e tenho a certeza que outras surgirão (e assim o mundo pula e avança...). Neste momento, estão então na moda as hamburguerias gourmet ou, então, restaurantes da moda que abraçam esta nova cultura hamburguesa, para se manterem a favor da corrente, e confecionam hamburgueres xpto (acho que existe um hamburguer que muge quando se lhe dá uma trinca...). Naturalmente quando se junta a palavra gourmet, o preço escala um bocadinho de violência mas também ninguém pode dizer que os hamburgueres do H3 sejam propriamente low cost, certo?

Mas falando então do Honorato. Existem vários Honorato espalhados pela cidade - Príncipe Real, Santa Marta e Expo98 - e, caso a coisa continue a correr de feição, outros abrirão, certamente, num futuro próximo. Nós fomos visitar o Honorato de Santa Marta. Porquê? Em parte por uma questão de geografia, em parte por termos falado mais deste Honorato, especialmente depois da minha aventura em busca do Risotto (restaurante que habitava o espaço antes do Honorato).





O espaço é enorme e muito bem aproveitado. Não cederam à tentação de encher cada metro quadrado com mesas, existindo espaço para a formação de uma saudável bolha de privacidade em redor de cada mesa, apesar de terem pessoas à porta que rapidamente (e alegremente) preencheriam essas mesas. Existe uma sala principal, a todo o comprimento do restaurante, e ao fundo da sala umas escadas dão acesso a uma mezzanine onde existem mais mesas.
 
A decoração funciona bem quer para almoços quer para jantares, bastando para isso alterar a intensidade das luzes. Mas realmente ao jantar, a cor escura das paredes e do mobiliário, os espelhos e a fraca intensidade da luz criam um ambiente de bar muito engraçado. A isto chama-se comer hamburgueres com estilo :-)




Depois de sentados (que sem reserva deve ser algo que há-de demorar a acontecer), é olhar para as paredes que as vossas dioptrias alcançam (não estejam à espera de receber uma ementa) e escolher as bebidas e hamburgueres que mais vos tintilam. Um de nós tintilou para o Mostarda, outro tintilou para o Honorato, ambos tintilámos para uma bebida que envolvia limão e gengibre.






Quando os hamburgueres chegaram, houve um momento de pausa. E agora como atacar esta fera? Enquanto se ganhava coragem, fomos comento as batatas fritas que rodeavam a dita, molhando numa mistela branca que vinha junto às batatas. Acho que um prato destas batatas, duas colheradas da mistela e a bebida de limão e gengibre já fariam de mim um cliente contente. Mas foi pelos hamburgueres que fomos ao Honorato, hamburgueres iríamos comer. E assim foi. Depois de agarrar firmemente na fera, foi "só" amansá-la com sucessivas dentadas, até desaparecer.... qual girafa dinamarquesa (too soon?).

Gostámos dos nossos hamburgueres, das batatas e da bebida. Estava tudo óptimo.



E o que têm para sobremesa? Mousse de chocolate.... e? Mousse de chocolate.... e para dificultar ainda mais a decisão....Mousse de chocolate :-) Se no princípio nos pareceu um bocado castradora a lista de opções de sobremesa (Mousse de chocolate....Mousse de chocolate....Mousse de chocolate....), no fim concluí que mais vale ter uma excelente sobremesa que três ou quatro medianas. Sim, a Mousse de chocolate do Honorato é muito boa, com elevado teor de chocolate (portanto potente!) e com uma cobertura de bolacha crocante (a fazer lembrar crumble) que fez as nossas delícias. E nós não nos vendemos com facilidade.

Como disse no início, a questão gourmet faz com que não se possa sair por um preço igual a de um qualquer McDonald's (nem é esse o objectivo) mas também não se deixa propriamente um rim como down payment. A nossa brincadeira ficou por 15€ pp, com entrada, bebida, prato, sobremesa e café. Parece-me bem. Parece-me justo.

Pretendo visitar mais vezes os Honoratos.




Honorato

https://www.facebook.com/HonoratoHamburgueresArtesanais
Honorato Hambúrgueres Artesanais. Rua de Santa Marta, 35
21 315 0452
Seg-Dom 12.00-00.00






   

Comentários

Ana disse…
Curiosamente, conheço umas pessoas que tiveram uma péssima experiência nesse mesmo restaurante. Fiquei sem vontade de lá ir. Pode ser que, entretanto, tenha melhorado...
Olá Ana,

às vezes tem-se azar.... juro que não dissemos pertencer a um blog famoso para termos cuidados melhorados :-)

boas garfadas

Cláudia M. disse…
Mais uma dica: o Honorato tem um espaço no novíssimo Mercado da Ribeira, a funcionar ao estilo de fast food, ou seja, vamos ao balcão e pedimos e saímos com o tabuleiro na mão. Os hamburguers são muito bons e as batatas também. O jantar com a bebida ficou por uns simpáticos 10 euros. Outra dica: aguardem mais umas semanas até que a novidade passe. É porque no dia que lá fui tive de comer na esplanada e não, a noite não estava nada agradável.

Mensagens populares deste blogue

Mundet Factory, Seixal

Pastelices, Seixal

Alô! Alô!