sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Bun's - o atelier do burger, Marquês de Pombal



Vi as horas no telemóvel. Saquei do papel meio amarfanhado onde tinha escrevinhado alguns sítios, de comida relativamente rápida, que gostaria de experimentar. E tentei perceber quais eram as minhas opções para almoçar, às três da tarde, num sábado sem carro.

Logo Bun's - o atelier do burger

Bun's acabou por ser o escolhido.
Bun's fica na Rua Braamcamp, caught between the Moon (ou Marquês de Pombal) and New York City (ou Largo do Rato). I know it's crazy, but it's true.

Sábados à tarde e domingos, turista é rei, lisboetas são miragem. Por isso, não é de admirar que grande parte das pessoas sentadas no Bun's tivessem ar de estrangeiras, com o seu tom avermelhado tão característico.



Não é difícil dar-se conta do Bun's, mesmo os mais distraídos,  com os seus toldos pretos e a sua convidativa esplanada sobranceira à Braamcamp. Para além da simpática esplanada, existem muitas mesas (mesmo muitas) por onde escolher quando se passa a ombreira da porta.

Admito que não estava à espera de um espaço tão amplo. Então temos: (a) uma zona de mesas logo na entrada; (b) descendo uns degraus temos outra zona de mesas (mesas corridas separadas por "muros") e também o balcão e a cozinha; (c) subindo umas escadas junto ao balcão, chegamos a uma mezzanine onde, espante-se, temos mais mesas. Portanto falta de espaço (e de mesas) não temos :-) A decoração é simples e sóbria, predominando o branco, preto e amarelo cereal, ao nível das paredes (com o ocasional elemento bovino), e castanho em termos de mobiliário.






Depois de namorar a ementa por algum tempo, decidi-me por um burguer Rústico (hambúrguer de bovino com queijo de São Jorge, cogumelos salteados com tomilho e alho, alface fresca, chutney balsâmico de cebola caseiro e molho Bun’s com tomilho) servido com batatas fritas e molho especial.




Quando colocaram à minha frente a tábua tabuleiro com o meu pedido, fiquei a pensar - este pacote consegue conter todas as peças que compõe o lego que eu pedi? Bem só mesmo desembrulhando é que saberei. E a conclusão? Sim, tinha tudo, muito bem encaixado e arrumadinho por alguém que, certamente, já trabalhou no IKEA (até o embrulho do burguer estava impecável, anos luz do Mac ou King). E estava bom? Estava, sim senhor. O chutney balsâmico de cebola fez-me voltar atrás no tempo, fazendo-me lembrar do primeiro local onde comi um hambúrguer - Abracadabra do Rossio - onde fui tantas vezes feliz. Outro elemento que sobressai é o pão do hambúrguer, que apesar de ser não o é.... como explicar... sabe ao que o pão de hambúrguer deveria saber no início e não no pseudopão que os Mac's deste mundo nos impingem. Mas... o tamanho do hambúrguer fica aquém do esperado, independentemente da qualidade dos produtos que os constituem, o preço faz esperar um bocadinho mais de diâmetro no burguer. As batatas fritas estavam óptimas assim como o molho especial (que felizmente veem em quantidade suficiente para completar o diâmetro que falta).

Como tinha outros planos, não comi sobremesa, tendo pago 11,7€ pelo que vocês veem na imagem mais um café.




Rua Braamcamp, 62 - Marquês de Pombal
T. 213 860 316
2ª a Sábado | 12h às 15h30 | 19h às 22h30 
(entre as 15h30 e as 19h o Bun's está aberto mas a cozinha fechada.... por isso no burguers!)
http://www.buns.pt/



Sem comentários: