quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Lateral, Cais do Sodré







Depois da experiência menos bem sucedida no Wine Up, pelo menos no que concerne à comida, decidimos abrir a app da zomato e procurar entre o near me e a wishlist um local para jantar. A noite já ía adiantada e a fominha já era muita mas ainda assim houve tempo para alguma indecisão e discussão. Decidimos finalmente pelo Lateral que, curiosamente, já tinha estado em cima da mesa como opção para um jantar do blog. Na altura ganhou o Secadegas, um restaurante que há muito queria visitar. 




Lá fomos nós até ao Cais do Sodré em busca do Lateral. Depois da nossa última tentativa em encontrar um restaurante no Cais do Sodré, encontrar o Lateral foi estranhamente (in a good way) fácil. A decoração é moderna, bastante clean e convidativa, num moderno que pega na tradiocional tasca e torna-a menos....tasca. Como é óbvio fui em passo de corrida em direção do sofá, antes que o Sebastião se adiantasse e ficasse com o lugar (já não seria a primeira vez que comeríamos lado a lado, pois ambos somos fãs destes assentos). 

Pedimos um hambúrguer e um prego. A acompanhar, e depois de alguma reflexão e discussão filosófica com os empregados, pedimos batatas fritas "artesanais". 




Ambos os pratos tinham um aspecto fantástico, nem pareciam hambúrgueres. A decoração com bacon estava muito gira, mas deixava um pensamento: como é que vou comer isto? Como é óbvio conseguimos atacar a fera e devorá-la apropriadamente. Para além do aspecto o sabor era também muito agradável, um excelente exemplo dos olhos e barriga ficarem deleitados.
 



No final pedimos tarte de limão merengada (uma das razões que nos levou a entrar) e aqui foi o desapontamento (e também um momento de gargalhadas compulsivas). A fatia era tão fina que passava entre os pingos da chuva (a foto é de meia fatia, mas mesmo juntando as duas metades não dá uma fatia de jeito), era tão fina que.... Quanto ao sabor nada de especial, não estava má mas também não convenceu.

O serviço foi muito simpático e divertido, principalmente o que falava português. A empregada que não falava português, para além de nos retirar os pratos da frente com alguma rapidez desnecessária, visto a casa estar meia vazia, havia uma barreira linguística, o que dificultou a comunicação (mas alegrou a nossa conversa). 

Concluindo, vale bem a visita, mas não peçam sobremesa a menos que estejam de dieta. Se estiverem não se preocupem que o vosso estômago nem vai dar conta.


Lateral
Travessa do Remolares, 41 - Lisboa
Tel: 211 344 448
https://www.facebook.com/lateralcaisdosodre


1 comentário:

Joana, come a papa disse...

Se eu tivesse ido com vocês, também lutaria pelo sofá!!! ou então, faríamos um lindo três em linha... :)