terça-feira, 30 de setembro de 2014

Santa Bica, Bica







Como é que este post ainda não está escrito?!? Que falha enorme da minha parte ainda não o ter escrito.

Para mim o Santa Bica foi a descoberta deste verão. Desde que fui a primeira vez, repeti sempre que se proporcionou. Levei lá amigos estrangeiros e qualquer desculpa era uma boa desculpa para voltar lá. 

Ora, o conceito do Santa Bica é baseado numa lindíssima zona exterior e um hotel. Óbvio que as piadas com esta combinação foram mais do que muitas, entre se o jantar correr bem, a festa pode continuar mesmo ali ao lado, ou se alguém beber de mais ao jantar tem onde ficar, e por aí adiante.
 



A comida é tradicional portuguesa baseada em petiscos ou não. Mas para mim, desde que existam petiscos tudo o resto será devidamente ignorado. Os petiscos são fantásticos, os ovos com farinheira, as cascas de batata, os pimentos de padrón, tudo muito bom. 
  
 


O ambiente é o típico lisboeta, com vista de rio (parcial, para se ter vista rio é necessário ter a sorte de ficar numa das duas mesas com vista), muito simples, mas ao mesmo tempo engraçado, com os raladores a servir como candeeiros. 

O atendimento é muito simpático e prestável. Bem, na primeira vez que fomos encetamos conversa e amizade com um dos donos do restaurante, voltando a encontrá-lo algumas horas depois, continuando na amena cavaqueira. A conversa começou com o facto de termos hora de saída da mesa, coisa que para um grupo tão grande como era o nosso tornou-se uma tarefa algo complicada. A solução foi disponibilizar-nos uma sala contínua ao restaurante para permanecermos à conversa. Foi uma atitude muito simpática, até porque no momento da reserva tínhamos sido avisados de que teríamos de libertar a mesa a uma hora específica. 

Relativamente ao preço, nada de escandaloso, paguei sempre menos de 20 euros, o que em grupos grandes nem sempre é fácil de conseguir.









SANTA BICA

Travessa do Cabral Nº39
1200-074 Lisboa
Bica, Portugal
Tel. +351 967 092 128
info@santabica.com









Sem comentários: