La fabbrica della felicità, Baixa




E se pensaram que os festejos ficaram apenas pelo cone da Fábrica dos Gelados, desenganem-se. Aqui vem mais um esplêndido cone!




E este é um elogio (à loucura) à perseverança! De quê? De quem? De todos os raios de sol que nos últimos tempos nos têm permitido realizar aquela fotossíntese pelo qual à muito esperávamos (e desesperávamos).

e agora entra a música, fade in...

"Here comes the sun | And I say | It's all right
Little darling | It's been a long cold lonely winter | Little darling
It feels like years since it's been here
Here comes the sun
And I say | It's all right"
...fade out





E se umas ficam em locais escondidos, que só se descobrem (muito) por acaso ou porque alguém nos indicou que existiam, já outras geladarias estão em locais que só mesmo os mais distraídos não dão contam.

É o caso da Gelato Therapy - La fabbrica della felicità. Se a primeira parte do nome desta geladaria não me encanta por demais (a sua ausência no título deste texto foi propositada), já a segunda parte faz-me todo o sentido. Mais, parece-me o nome mais que perfeito para uma geladaria... a fábrica da felicidade.

La fabbrica della felicità fica situada num dos cruzamentos mais movimentados e turísticos do centro de Lisboa, o cruzamento em frente à Sé de Lisboa (rua da Madalena vs rua da Conceição).

Pequenina mas a gritar em plenos pulmões: Gelato Artigianale! (sentido figurado... não está nada nem ninguém aos gritos em frente à Sé) esta fábrica de felicidade consegue chamar a atenção do mais incauto turista e eventual terráqueo, desculpem, português.

E foi assim que eu descobri mais uma geladaria (que, a meu ver, sendo boas nunca são demais), tropeçando nela quando apenas o que eu queria era aproveitar o sol e passear por Lisboa (e eventualmente ir à Fragoleto perder-me um bocadinho).

A loja é pequena, tendo apenas umas mesinhas simbólicas para turista ver, pois o espírito é pedir e ir trincando, sorvendo e lambendo (e ainda não li ou vi as 50 sombras e já estou assim...) o que consumirem pelas ruas de Lisboa ou sentarem-se nas escadas da Sé ou no Terreiro do Paço a bezerrar com um sorriso nos lábios e um cone na mão.

A decoração é alegre (amarelo, amarelo, branco com algum preto para acalmar os sentidos) e convida a entrar para ver como é. Desconfio que umas das pessoas que me atendeu não fala português mas a linguagem da gula é universal, aponta-se para aqui, para ali, acena-se com a cabeça, sorri-se e já está! Quando damos por isso temos um cone com gelado de limão com rosmaninho e mel.

E pronto lá fui contente e a pensar que encontrei um novo "amigo", em que com cada lambidela mais a amizade se fortalecia :-)




Rua da Madalena, 83

1100-319 Lisboa

218 860 831

2ª a Dom | 10h - 20h








Comentários

Mensagens populares deste blogue

Mundet Factory, Seixal

Pastelices, Seixal

Alô! Alô!