Meat Street, Algés





Admito desde já a minha ignorância, nunca tinha ouvido falar do Meat Street. O facto de Algés ser para mim apenas um local de passagem talvez contribua (significativamente) para essa ignorância, pois quero acreditar que as pessoas que vivam ou trabalhem nesta zona de Lisboa conheçam bem esta hamburgueria. Se não conhecem, deviam.

No meu caso, a descoberta do Meat Street foi despoletada pela necessidade de encontrar um local para almoçar que ficasse na zona de Algés. Depois de algum zomating, de muita fotografia e de algum limite no price range, dei de caras com esta hamburgueria e, como gostei do que vi, rapidamente convenci a minha companhia de que seria o local perfeito para almoçarmos.

A hamburgueria não poderia ser mais fácil de encontrar, especialmente para leigos em Algés, pois fica por trás dos dois edifícios mais conhecidos de Miraflores - Clínica Quadrantes/Laboratório Joaquim Chaves e Esquadra da PSP. Não tive dificuldade em estacionar mas era fim-de-semana, acredito que poderá ser mais complicado em dias da semana, especialmente durante o dia, tendo em vista existirem muitos serviços na área.




Se o restaurante em si poderia facilmente passar despercebido a quem passa, fica abaixo do nível da rua, o nome Meat Street em letras garrafais impede que tal aconteça. O facto de ficar abaixo do "nível do mar" permite que a esplanada, que percorre toda a extensão do restaurante e mais um bocadinho, fique mais resguardada das intempéries.

Equacionámos ficar na esplanada, na verdade chegámos a estar sentados nela, mas quando descobrimos que a sala interior estava mais fresca, levantámos arraias (perante o olhar interrogativo de alguns empregados.... deviam ter achado que nos estávamos a ir embora.... nããããã, não se livram assim de nós) e fomos para o interior. E foi uma excelente decisão.

Gostei muito da decoração, mesmo muito. Criar um ambiente jovem e descontraído sem exagerar (laranja ou verde escarreta radioativa não dá um ambiente jovem, dá sim uma dor de cabeça e uma vontade incontrolável de colocar os óculos escuros) ou cair no expectável (chega de fotografias de NY) não parece ser fácil. Neste caso, parece-me perfeito. A decoração da sala é alegre e descontraída, fazendo com que mais pareça que estamos num restaurante com vista para a praia do que numa avenida no meio de Algés.


 
 


No Meat Street, os hamburgueres são os artistas principais mas, para quem queira entrar mas não lhe apeteça hamburgueres, existem outras opções como pregos e saladas. Houve alguma dificuldade na decisão, o Hambúrguer Frango & Farinheira andou a pairar sobre nós, mas no fim lá nos ficámos por um Hambúrguer Bacon Cheeseburguer e um Hambúrguer Picanha, ambos acompanhados por batata frita. 


Hambúrguer Picanha
Hambúrguer Bacon Cheeseburguer


E se as fotografias não vos fazem querer dar uma garfada a um dos hamburgueres (ou a ambos), não culpem o chef culpem o fotógrafo. Estavam ambos excelentes, carne tenra e cozinhada no ponto, todos os elementos prometidos na descrição do hambúrguer estavam lá e em bom, as batatas estaladiças e quentes, não poderíamos pedir mais.

Como já tinha olhado para a parte da ementa onde estavam descritas as sobremesas, tema que me aquece o coraçãozinho (e me entope as veias), nem dei oportunidade a que trouxessem de novo a ementa para escolher - é uma fatia de tarte de limão merengada com duas colheres s.f.f. Pronto, na parte da sobremesa é que já não ficámos tão satisfeitos, o recheio e o merengue estavam bons mas a base... faltava-lhe qualquer coisa.... mas não me interpretem mal, come-mo-la até à última garfada, simplesmente podia ser melhor.




No fim, o preço foi outra agradável surpresa. A refeição ficou à volta dos 10€ pp, tendo em vista o ambiente com que fomos brindados, a qualidade do que comemos, o atendimento prestável e simpático que recebemos, parece-me um preço mais do que justo.
 


 Avenida das Tulipas 29, 1495-161 Algés
Horário | 2º a 6ª - 12h às 16h e 19h às 23h | Sáb/Dom - 12h às 23h



Tendo em vista o que me esperava para o resto do dia, ter enfrentado tudo de barriguinha cheia deu logo outro ânimo. Entre escolha de cortinados, escavacamento de almofadas de sofás e espetáculos de luz, houve tempo (e pernas) para tudo.


Dante teria ficado orgulhoso....




Comentários

Mensagens populares deste blogue

Mundet Factory, Seixal

Pastelices, Seixal