sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Domino's Pizza





A Domino's Pizza só será uma marca desconhecida para os mais distraídos ou para quem não veja séries ou filmes americanos. Portanto, mais um gigante americano (dizem que é a maior rede de entregas de pizzas do mundo) que atravessa o oceano e decide (finalmente?) criar raízes em Portugal.

 Já há muitos anos que a Pizza Hut e a Telepizza (entre outras) andam a entregar pizzas à porta da nossa casa, por isso o conceito do Domino's Pizza não é novo. No entanto, quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto, e o Domino's Pizza acrescenta o seu próprio ponto ao conto (e sai um trava línguas para a mesa do canto).

 Telheiras, Parque das nações e Areeiro foram as primeiras lojas a abrirem mas presume-se que serão as primeiras de muitas, dentro e fora de Lisboa.

E as pizzas? São boas, muito boas. A massa é diferente das concorrentes, por isso as conversas sobre massa de pizzas ganhou mais uma variante - uns vão dizer "Eu gosto mais da massa da Telepizza", outros logo responderão "Ah, eu não! Gosto é da alta e fofa da Pizza Hut!" e por fim virão os que querem marcar a diferença "A massa da Domino's é que é!".

Para mim, vou precisar de mais umas visitas para equacionar mudar o número um do meu ranking (massa da Telepizza) para a da Domino's.

Como gostei do ambiente (decoração alegre e disponibiliza espaço para se comer a pizza dentro da própria loja), do serviço (rápido e organizado) e do que comi (os nuggets terão sido o que menos gostei) com toda a certeza voltarei para aprofundar os meus conhecimentos em Domino's.



Domino's, Telheiras






Pizza com Nutella :-)









 



P.S. O nome desta pizzaria traz-me à memória uma cantilena dantesca da minha infância. Como era possível deixarem-nos cantar algo tão mórbido no recreio....


Do-mi-no
Se tu visses o que eu vi
Domino
À porta do tribunal
Domino
As cuecas do juiz
Domino
Embrulhadas num jornal

Esta rua cheira a sangue
Domino
Foi alguém que se matou
Domino
Foi a mãe do meu amor
Domino
Da janela se atirou
Do... Mi... No.


Sem comentários: