Mercado dos Bolos, Algés





Após uma reunião (daquelas) em Algés decidimos fazer uma pequena pausa e fomos até ao Mercado de Algés. 

Como estou perpétuamente de dieta normalmente fico-me por uma torradinha, mas quando os meus olhos bateram na montra do Mercado dos Bolos, o meu cérebro parou e a minha vontade intrínseca de comer doces falou mais alto. Eu queria todos, para mim naquele momento era um de cada. Escolhi em poucos segundos: um cheesecake, um bolo de bolacha e uma pavlova. Depois de respirar fundo lá consegui raciocinar um pouco e perceber que se comesse aquilo tudo iria ficar muito mal disposta. Assim, arranjei uma parceira de crime e partilhámos um cheesecake de frutos silvestres e um bolo de bolacha.

O chessecake estava bom, a base estava crocante e a cobertura doce qb.




A questão colocou-se com o bolo de bolacha. Ambas somos experts em bolo de bolacha, tanto como fazedoras como ingestoras compulsivas. Por isso somos muito exigentes, tal críticos da Michelin. Avaliámos a consistência e qualidade da bolacha, textura e sabor do creme: o bolo falhou redondamente. A bolacha parecia borracha e o creme estava bonzinho.

Por um acaso, o responsável pelo Mercado dos Bolos passou pela nossa mesa e perguntou a nossa impressão. Não podíamos ocultar e demonstrámos o nosso desagrado.

Prontamente, e apesar dos nossos protestos, apareceu um novo bolo de bolacha. Não podíamos fazer desfeita e provámos o bolo. Muito melhor! A bolacha tinha uma consistência muito mais agradável.  A razão que nos apresentaram para a diferença foi o bolo inicial estar na montra e a refrigeração desta não ser a ideal para a conservação destes bolos.




A conclusão
Não fiquei maravilhada! São bons, mas não o suficiente para estragar a dieta. No entanto, mantenho a vontade de numa próxima visita experimentar a Pavlova.



Comentários

Mensagens populares deste blogue

Mundet Factory, Seixal

Pastelices, Seixal