segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Louro & Sal, Bairro Alto

  
  



Bairro Alto, labirinto de ruas estreitas com casas baixas e grafitadas, onde existem restaurantes para todos os gostos e feitios. No entanto, num domingo à noite, a escolha pode encontrar-se um pouco reduzida pois muitos locais de restauração escolhem este dia para o descanso do pessoal. Mas, para minha surpresa, as opções ainda eram muitas, o que originou numa caminhada ainda longa pelas ruas do Bairro Alto (agravando o estado de fomeca) até conseguir ficar limitado a duas opções: Império dos Sentidos e Louro & Sal (restaurantes a poucas portas de distância um do outro).


Como o título do post assim o indica, a escolha recaiu sobre o Louro & Sal apesar de já ter ouvido falar muito bem do Império dos Sentidos. E o que fez pender a balança? Bem a ementa pareceu boa (e com bons preços) mas, sobretudo, foi a decoração do restaurante que fez com que o Louro & Sal fosse o eleito (julgo que depois de olharem para as fotos em baixo vão concordar comigo).



Como qualquer restaurante do Bairro Alto, espaço não é o atributo que se espera encontrar mas também ninguém se senta no colo do vizinho do lado. Depois de sentados e escolhidos os pratos com que nos iríamos deliciar (galinha com gengibre e batata doce assada e alheira de caça com batata doce assada e salada - ok, não fiquem a pensar que como acompanhamento só existe batata doce assada, fui eu que pedi para trocarem o meu acompanhamento inicial por batata doce :-) foi possível absorver o ambiente do restaurante, enquanto se punha a conversa em dia.

O restaurante tem uma decoração bem conseguida, onde aliaram o aspecto rústico com o moderno (as paredes de pedra jogam com o mobiliário moderno e com as restantes paredes em azulejo castanho escuro), conseguindo um espaço acolhedor e algo romântico.

Voltando à comida, o Louro & Sal é um restaurante de cozinha portuguesa com mistura de ideias de outras culturas (gengibre, batata doce...), em que o resultado final é muito bom! Ambos os pratos pedidos estavam óptimos, quer em quantidade quer em qualidade. É de salientar que o couvert também era óptimo, quer em relação ao pão apresentado quer aos três produtos de lambuzamento do pão :-)

A escolha de sobremesas recaiu sobre: Maria maçã (uma digivolução de crumble de maçã, que em vez de utilizar açucar amarelo/mascavado utiliza bolacha) e Folhado de banana com gelado de sésamo, e não desapontaram.

Quando chegou a vez de pagar a conta, não foi muito assustador (19€ pp) tendo em vista o que se comeu e se bebeu :-)

Um senão, o atendimento é simpático mas um pouco desconcentrado, por isso vão imbuídos de alguma paciência, mas que esta advertência não vos faça pensar duas vezes em prestar uma visita ao restaurante pois o ambiente e a comida compensam este pequeno senão.

Estacionamento................. o restaurante fica no Bairro Alto....... que mais se pode dizer?


Localização
Rua da Atalaia 53, Bairro Alto, Lisboa

Horário: 19h às 24h
Encerramento: 3ª feira
Telf. 21 347 6275

    

1 comentário:

sininho disse...

Adorei. O ambiente do restaurante era muito bom, acolhedor, e o atendimento simpático. Mas, o restaurante distingue-se pela qualidade da comida, estava tudo muito bom. Comi uma alheira com batatinhas no forno muito boas, e o pato também estava delicioso. Na sobremesa comi o mesmo que o Sebastião, Maria Maça, que além de ser uma espécie de crumble de maça invertido (porque a maça está por cima), tinha um trago meio apimentado, que lhe dava aquele toque diferente.